Analytics 360 Suite, novo lançamento do Google

Analytics 360 Suite, novo lançamento do Google

By | Consultoria em SEO, Consultoria Web Analytics, E-mail Marketing | Seja o primeiro a comentar!

Se você acompanha de perto o mundo do marketing digital, já deve ter ouvido falar do novo lançamento do Google, o Analytics 360 Suite. Para você que não está tão atualizado, mas não quer ficar atrasado em sua estratégia de marketing, fizemos uma análise sobre essa nova ferramenta. Leia Mais

Como criar Perfis no Google Analytics?

Como criar Perfis no Google Analytics?

By | Consultoria em SEO, Marketing Digital

Google Analytics

A cria√ß√£o de perfis dentro do Google Analytics permite que voc√™ visualize relat√≥rios de tr√°fego para websites espec√≠ficos, subdom√≠nios,¬†√°reas espec√≠ficas de um site ou at√© mesmo tipos espec√≠ficos de tr√°fego (por exemplo, do Google AdWords ou refer√™ncias) de um website.¬†Cada perfil que voc√™ cria representa uma visualiza√ß√£o distinta de dados referente a uma √ļnica propriedade da web. Por exemplo, se voc√™ tiver dois perfis n√£o filtrados para a mesma propriedade da web, ter√° duas visualiza√ß√Ķes id√™nticas n√£o filtradas de dados para a mesma propriedade da web. Leia Mais

Divergência de Dados entre o Google Analytics e o AdWords

By | Consultoria em SEO, Links Patrocinados, Marketing Digital

GoogleAdWords X Google Analytics

Se voc√™ possu√≠ campanhas no Google AdWords, que estejam v√≠nculadas aos relat√≥rios do Google Analytics, certamente j√° ficou com d√ļvidas sobre os motivos que levam √† quantidade que cliques gerados no AdWords n√£o serem os compat√≠veis com os acessos no Analytics. Para tirar estas d√ļvidas, e tamb√©m para que meus relat√≥rios fossem mais completos e precisos, decidi escrever este post com os principais motivos destas diverg√™ncias.

Todos os relat√≥rios do¬†AdWords¬†no Google Analytics importam dados diretamente do sistema do AdWords e correspondem normalmente aos dados da sua conta do AdWords com precis√£o. No entanto, existem circunst√Ęncias em que os dados podem diferir:

  • A compara√ß√£o de intervalos de dados longos poder√° incluir per√≠odos em que as suas contas n√£o estavam associadas.
  • A aplica√ß√£o de v√°rias origens de custos de contas do AdWords diferentes no mesmo perfil do Google Analytics complica as informa√ß√Ķes dos relat√≥rios.
  • Os filtros poder√£o remover alguns dados dos relat√≥rios do Google Analytics. Verifique se n√£o existem filtros a editar os seus URLs de destino da campanha.
  • Os dados do AdWords s√£o importados para o Google Analytics enquanto visualiza o seu relat√≥rio, pelo que os dados s√£o sempre de √ļltima hora. Leia Mais

Google Analytics: Event Tracking x Virtual Pageviews

By | Consultoria em SEO

Google Analytics Tracking

Suponha que os visitantes est√£o chegando a uma p√°gina de destino do seu site, qual √© seu pr√≥ximo passo? Como eles interagem antes de sair dessa p√°gina? Neste artigo nos concentramos em como usar as duas op√ß√Ķes avan√ßadas de rastreamento que o Google Analytics fornece: o monitoramento de eventos (Event tracking) e os Pageview Virtual (Virtual Pageview). Ambos s√£o √ļteis, mas √© importante entender por que e como us√°-los.

Leia Mais

10 novos recursos do Google Analytics que você precisa começar a usar

By | Consultoria em SEO

O Google anunciou recentemente que a vers√£o antiga do GA ser√° desativada.

GoogleSe você não estiver familiarizado com a nova versão, pegue as próximas semanas para se sentir confortável com ele. Para ajudar você a começar, vamos rever os 10 melhores recursos do novo Google Analytics.

1. Painéis (dashboards)

Google Analytics Dashboards

Painéis tiveram uma revisão muito necessária no novo GA. Os usuários agora podem criar até 20 painéis personalizados, desenvolver widgets e formatos que fazem mais sentido para eles ou a sua empresa. Por exemplo, cada departamento da empresa poderia desenvolver o seu próprio painel distinto para acessar rapidamente as estatísticas de desempenho do site  que se relacionam com as metas do departamento. Tenha em mente: Painéis só podem ser compartilhados por usuários sobre o mesmo login. Leia Mais

Acordem, SEOs, o novo Google chegou

By | Consultoria em SEO, Marketing Digital

Devo admitir que ultimamente o Google √© a causa das minhas dores de cabe√ßa. N√£o, n√£o √© s√≥ porque eu decidi que eu n√£o receberia informa√ß√Ķes √ļteis sobre meus sites. E nem porque ele est√° modificando praticamente todas as ferramentas com as quais me acostumei desde os meus primeiros dias de SEO (Google Analytics, Webmaster Tools, Gmail‚Ķ). E, honestamente, n√£o √© porque ele lan√ßou um Panda voraz.

A verdadeira pergunta que está causando minha dor de cabeça é: o que o Google realmente quer com todas essas mudanças? Vou começar citando a definição de SEO que o Google dá em seus guias:

Search engine optimization (otimização de mecanismos de buscas, em português) significa colocar o melhor do seu site à frente, quando se trata de visibilidade em mecanismos de busca, mas seus consumidores finais são seus usuários, não os mecanismos em si.

Técnicas de SEO ainda importam Рe muito!

Se voc√™ quiser destacar o melhor do seu site e deix√°-lo o mais vis√≠vel poss√≠vel nos mecanismos de busca, ent√£o voc√™ tem que ser um mestre em t√©cnicas de SEO. Sabemos que se n√£o prestarmos aten√ß√£o na arquitetura de navega√ß√£o do site, se n√£o nos importarmos com a otimiza√ß√£o da p√°gina, se fizermos besteira com a tag rel=‚ÄĚcanonical‚ÄĚ, com a pagina√ß√£o e a navega√ß√£o facetada da nossa web, e se n√£o prestarmos aten√ß√£o √† duplica√ß√£o interna de conte√ļdo, entre outras coisas, n√£o iremos muito longe com a busca.

Tudo isso é óbvio? Sim, é. Mas as pessoas no nosso círculo tendem a esquecer um dos principais pilares da nossa disciplina: tornar um site otimizado para ser visível nos mecanismos de busca.

A pr√≥xima vez que voc√™ ouvir algu√©m dizendo ‚Äúconte√ļdo √© rei‚ÄĚ, ou ‚Äúsocial √© o novo link building‚ÄĚ, pergunte a ele qual foi a √ļltima vez que ele fez login no Google Webmaster Tools. V√° consertar o seu site, deixe-o index√°vel e resolva todos os problemas que ele possa ter. Somente depois de fazer isso voc√™ pode come√ßar a fazer todo o resto.

Leia Mais

Google Pagerank

O fim do PageRank

By | Consultoria em SEO | Seja o primeiro a comentar!

Muitas pessoas que usam o SEO Quake ou outra qualquer barra de ferramentas com PageRank, levaram um susto com a ausência de PageRank em seus sites, inclusive eu.

Parecia uma puni√ß√£o generalizado de sites pelo Google, o que me deixava perplexo, pois n√£o havia nenhuma explica√ß√£o; eu pensava: ser√° que o Google Panda pirou? Como o PageRank da barra de ferramentas quase nunca √© o real (serve apenas como par√Ęmetro), verifiquei no Google Analytics e aparentemente estava tudo em ordem.

Mas o que aconteceu foi algo muito simples: o Google alterou a URL de onde se consegue o PageRank da p√°gina. Desta forma, pessoas requisitavam uma p√°gina que n√£o existia mais e n√£o encontravam resultado para a query. (Isso era feito como um proceso em background pelo navegador.)

O que essa mudança significa?

Resta saber, agora, o que significa essa mudan√ßa, uma vez que nenhuma mudan√ßa de servidores, ou de sistema, precisaria alterar a forma de consulta ao PageRank. O par√Ęmetro ‚Äúq‚ÄĚ de pesquisa jamais foi modificado. Temos de nos perguntar qual a¬†inten√ß√£o¬†do Google em causar essa confus√£o.

Eu entendo que, para o algoritmo do Google, nunca foi muito saud√°vel divulgar o PageRank porque facilitava a manipula√ß√£o de resultados. √Č como se o Google dissesse algo que deveria ficar em sigilo: √© deste site que voc√™ precisa um link, este n√£o √© bom, etc. Tanto que o PageRank √© o principal crit√©rio no mercado negro de compra e venda de links.

O Google, dando tanta informação de bandeja, prejudicava o seu algoritmo, é claro; e até mesmo por isso nunca aumentou a atualização (já pouca, trimestral) do PageRank exibido na barra de ferramentas. Se fosse bom para a empresa, o PageRank seria com certeza atualizado diariamente!

Mais pessoas usavam o PageRank

Precisamos lembrar que o PageRank n√£o era usado, todavia, s√≥ por quem fazia SEO; muitas pessoas o utilizam, com a barra de ferramenta do Google, para saber a relev√Ęncia daquela p√°gina, daquela empresa, etc. Em outras palavras, o leigo e o t√©cnico usavam, era algo que o mercado gostava.

Acontece que a uma empresa, ainda mais do porte da Google, não fica bem oferecer um recurso que passa a ser utilizado pelo mercado e depois torná-lo indisponível. Qual leigo irá entender que umas pessoas usavam o PageRank para comprar links? Pior: elas vão se sentir prejudicadas pelo Google.

Primeiro o Google tirou, em abril deste ano, o bot√£o de PageRank de sua barra de ferramentas. Agora, chegou a hora de a consulta ao PageRank ser bloqueada pela primeira vez. Ir√° chegar a hora em que n√£o teremos mais acesso ao PageRank de maneira nenhuma.

Menos informa√ß√Ķes para quem faz SEO

A mudan√ßa dos servidores √© um sinal que o Google d√°, para que deixemos de nos importarmos com o PageRank da barra, que procuremos outra fonte de dados relevantes, que existem aos montes por a√≠ ‚Äď resta saber sua credibilidade. O fato √©: n√£o haver√° nenhuma mais ‚Äúoficial‚ÄĚ.

Assim como o Yahoo! anunciou que descontinuará o Site Explorer (que não é usado por leigos, vale destacar), a tendência é que no máximo em um ano o Google também deixe de fornecer o PageRank. Com isso, os profissionais de SEO terão menos dados oficiais e precisarão contar muito mais com sua expertise.