SEO ou redes sociais: o que é mais importante?

By | Consultoria em SEO, Gestão de Redes Sociais, Marketing Digital

Parece automático. Quando precisamos saber de algo ou achar alguma informação, entramos no Google, digitamos as palavras relacionadas ao que queremos e pronto, lá está tudo de que precisamos. Nossa confiança nesse “guru” da internet é inabalável. Porém, há quem afirme que isso está mudando. Com o crescimento das redes sociais, como o Facebook e o Twitter, existe o argumento sobre as pessoas preferirem perguntar algo para os amigos nas redes ao invés de confiar nas ferramentas de busca.

Leia Mais

A importância da manutenção e do gerenciamento de comunidades online

By | Consultoria em SEO, Gestão de Redes Sociais, Marketing Digital, Publicidade

Sou estudante de economia e estou para me formar em breve. Em função disso, torna-se um pouco óbvio o meu gosto e simpatia com a interpretação de números, assim como gráficos e tabelas. Gerar discussões através de números é muito interessante e isso é uma das coisas que faz a área ser tão importante, capaz de gerar grandes decisões para governos e pessoas. Para uma empresa é totalmente necessário e aceitável levar em consideração a situação do seu mercado em que atua, justamente em função dos números em que são apresentados.

Mas você, como simples mortal frequentador de redes sociais, estabelecer metas estatísticas como propósito para entrar no mundo digital é a mesma coisa que fazer aulas de jiu-jitsu para dançar ballet. Ou seja, a sua estratégia não está correta e o ambiente que você entrou menos ainda. Não tente tratar suas conexões como simples números e estatísticas nas suas redes. Não dará certo e você não conseguirá extrair nada desse ambiente. E se você ainda apostar nessas atitudes, não venha me dizer que as mídias sociais não servem para nada. Leia Mais

SMO: Planejamento estratégico para mídias sociais, 1° passo

By | Consultoria em SEO, Gestão de Redes Sociais, Marketing Digital

O termo SMO (Social Media Optimization) começou a ser conhecido em meados de 2006, foi criado com o objetivo de potencializar uma marca/produto a partir de uma mídia social. Antigamente a única forma de se conseguir clientes na internet era através de publicidade em anúncios, hoje a história é muito diferente, existem diversas formas para tornar uma marca conhecida no mercado, uma das mais fortes no momento é a SMO (Social Media Optimization), se adotarmos uma boa campanha poderemos a partir dessas estratégias conseguir muitos clientes e usuários. Mais não adianta apenas esta presente no You tube, facebook, twitter, entre outros, se não conseguimos potencializar nossa campanha para o público-alvo, se a gestão da marca ocorrer de maneira errada ira gerar “BUZZ” negativo, pois a estratégia estará afetando um público que não é o desejado, com técnicas que não divulgam seu produto ou serviço da maneira correta e conteúdo que não provoca a curiosidade de seu cliente.

Social Media Redes SociaisMensurar resultados em mídias sociais é uma tarefa difícil, ate por que não se pode enquadrá-las da mesma maneira que o email marketing, SEO (Search Engine Optimization) ou links patrocinados por exemplo. É necessário saber quantas pessoas estão se engajando a sua marca, se eles estão gerando “BUZZ”, se esta ocorrendo a conversão (não adianta se tornar conhecido se o retorno em vendas não vem), para que haja um planejamento correto é necessário seguir procedimentos estratégicos e com base para que o projeto obtenha o retorno esperado. Desta maneira iremos passar informações para um planejamento estratégico de SMO perfeito: Leia Mais

Qual a diferença entre SMM, SEM, SMO e SEO?

By | Consultoria em SEO, E-mail Marketing, Geração de Conteúdo, Gestão de Redes Sociais, Links Patrocinados, Lojas Virtuais (E-commerce), Marketing Digital, Publicidade

No mundo do marketing digital a utilização de siglas para determinar algum termo técnico é muito comum. Nos últimos tempos muito tem se falado em SEO, uma técnica para otimização de sites, junto com ela apareceu o SEM que além de agregar a otimização traz também métodos para aumentar a visibilidade do site, depois com a ascensão da comunicação digital se tornou praticamente obrigatório a presença de empresas em mídias sociais, dessa necessidade nasceu o termo SMO, um método de otimização em mídias sociais, agregado a ele veio o SMM, que trata das estratégias em mídias sociais, entendeu ou ficou confuso?

SMM, SEM, SMO e SEOVamos explicar cada uma delas, pois até profissionais da área às vezes se confundem, inserem estratégias erradas e tratam de maneira incorreta o seu público-alvo. Lá vamos nós:

SMM: Também conhecido como Social Media Marketing ou Marketing em Mídias Sociais, é uma estratégia utilizada com o objetivo de aplicar o marketing em mídias sociais. Apareceu há pouco tempo, veio da necessidade de manter o usuário utilizando a mídia social a favor da empresa, pois não adiantava técnicas SMO se o usuário não se tornava fiel a mídia social. O SMM busca criar conteúdo de qualidade para o usuário e negócios através da colaboração, compartilhamento e engajamento em redes sociais, gerando visibilidade e identidade para a empresa.

SEM: Search Engine Marketing ou Marketing para Ferramentas de Busca, é uma junção de técnicas onde o principal objetivo é aumentar e melhorar a visibilidade de sites em mecanismos de busca. Além de utilizar o SEO como técnica agregada, o SEM também utiliza técnicas em links patrocinados e display. O link patrocinado é uma maneira de fazer seu site aparecer nas primeiras posições, porém utiliza apenas os dois primeiros resultados do lado esquerdo e o resto aparece no lado direito, já o display são anúncios em sites parceiros de determinados buscadores, o Google por exemplo. Leia Mais

Meta tags

By | Consultoria em SEO

Meta Tags

Meta tags são tags “especiais” e “ocultas” que são colocadas no cabeçalho (head) de documentos web (html, xhtml, xml, e outros). A correta inserção e utilização das meta tags muitas vezes determina se as páginas serão bem indexadas ou não, se a meta informação a respeito daquele site e daquela página, em especial, está correta e realmente reflete a realidade daquele web site. Leia Mais

Primeira página do Google

By | Consultoria em SEO

Muito se fala em como ficar na primeira página do google, que são duzentos fatores que são importantes para que um site vá para a primeira página, mas às vezes é difícil encontrá-los na internet.

Aqui listamos todos eles, os 200 fatores, individualmente por categoria, juntamente com o grau de importância de cada um deles. Esses fatores servem apenas como um referencial para você se basear ao tentar colocar um site na primeira página desse sistema de busca.

Outro detalhe interessante é que os principais fatores, esses, insubstituíveis, são apenas dezenove. No decorrer da leitura você perceberá quais são eles. Alguns mitos também são derrubados com a observação dos fatores, tipo: validação W3C e outros de menor importância, como poderá perceber.

Para a determinação do grau de importância de cada fator, foram usadas legendas:

Fatores do Google

Fatores Positivos para determinação de posicionamento da página

Fatores On-page ligados ao Tema da página (ligação com as palavras-chave)

1. Usar palavras-chave em qualquer lugar na Tag do título
2. Usar palavras-chave como a primeira palavra na Tag do título
3. Usar palavras-chave no nome do domínio raiz (keyword.com, por exemplo)
4. Usar palavras-chave em qualquer lugar no Tag do título H1
5. Usar palavras-chave na ligação interna da âncora de texto na página
6. Usar palavras-chave no Link externo âncora de texto na página
7. Usar palavras-chave como a primeira palavra (s) na tag H1
8. Usar palavras-chave nas primeiras 50-100 palavras na página
9. Usar palavras-chave no nome do subdomínio
10. Usar palavras-chave na URL da Página
11. Usar palavras-chave na URL da categoria da página
12. Usar palavras-chave em Tags h2 a h6
13. Usar palavras-chave no texto da imagem
14. Usar palavras-chave / Número de Repetições no texto em HTML na página
15. Usar palavras-chave em Imagem Nomes (keyword.jpg, por exemplo)
16. Usar palavras-chave em <b> ou <strong>
17. Estar dentro da Fórmula da Densidade de Palavras (número de palavras-chave ÷ N º total de Termos)
21. Usar palavras-chave em itens de lista na página
19. Usar palavras-chave em parâmetros de consulta da Página
21. Usar palavras-chave em Tags i ou em
21. Usar palavras-chave na meta tag descrição
22. Usar palavras-chave na extensão do arquivo da página
23. Usar palavras-chave nas tags de comentário em HTML
24. Usar palavras-chave na Meta tag Keywords

Leia Mais

Como enviar Sitemaps

By | Consultoria em SEO

Sitemaps é um arquivo de formato XML,

Sitemap

que relaciona as url’s do seu site. Sua função é informar aos buscadores (Google, Yahoo, Bing, etc) as url’s de determinado site, ajudando a indexação das páginas.
Você pode usar um editor de texto comum para criá-lo ou usar um plugin na internet.

Formato do Sitemaps

1
2
3
4
5
6
7
8
9
<?xml version=”1.0″ encoding=”UTF-8″?>
<url>
<lastmod>2005-01-01</lastmod>
<changefreq>monthly</changefreq>
<priority>0.8</priority>
</url>
</urlset>

Para cada pasta ou diretório, deve conter um Sitemaps, alistando as url’s daquela pasta ou diretório. Caso seu site possua mais de um Sitemaps, você pode criar um Sitemapindex e colocar na pasta raiz.
Ao criar Sitemaps, deve-se enviar aos buscadores para que eles possam ver as páginas do seu site.

Como enviar Sitemaps usando as Ferramentas do Google para webmasters

Antes de começar, certifique-se de adicionar e verificar os seguintes sites em sua conta do Google Webmaster Tools:

o site no qual o Sitemap está localizado;
os sites cujos URLs são mencionados no Sitemaps.

  • Envie o Sitemap para o seu site.
  • Na página inicial do Google Webmaster Tools, clique no site que deseja.
  • Em Configuração do site, clique em Sitemaps.
  • Na caixa de texto, complete o caminho até o seu Sitemap (por exemplo, se o seu Sitemap estiver em http://www.seusite.com/sitemap.xml, digite sitemap.xml).
  • Clique em Enviar Sitemap.

Para mais informações, acesse na Central do Webmaster, a página:
Como enviar Sitemaps.

Como enviar Sitemaps usando Yahoo Site Explorer

  • Acesse o Site Explorer.
  • Clique em Submit Your Site.
  • Clique em Submit Site Feed. Na caixa de pesquisa, coloque o endereço do sitemaps (ex: www.seusite.com.br/sitemap.xml) e clique em Submit Feed.
  • Entre com uma conta Yahoo.
  • Seu pedido será analisado e posteriormente anexado ao banco de dados do buscador.

Como enviar Sitemaps usando Bing Webmaster Center

É preciso uma conta no Windows Live para logar no Webmaster Center do Bing.

  • Após o login, preencha com a url do seu site (www.seusite.com.br) no campo site, preencha a url do sitemap (www.seusite.com.br/sitemap.xml) no campo Sitemap Adress, e um email para contato. Clique em Submit.
  • Após submeter o seu site e seu respectivo sitemap.xml será necessário confirmar que você é o dono do site. Para isso existem dois métodos:
    • Através de um arquivo fornecido pelo bing: LiveSearchSiteAuth.xml que deve ser baixado e inserido na raiz do seu site;
    • Através da inserção de uma meta tag de autenticação:
  • Após enviar o arquivo ou adicionar a meta tag de autenticação basta aguardar a confirmação.

O Sitemaps é essencial no seu site, se você deseja aparecer bem nas pesquisas do Google, Yahoo, Bing e outros.

Mitos e Verdades sobre Marketing Digital

By | Consultoria em SEO, Gestão de Redes Sociais, Marketing Digital, Publicidade

Entendendo o Marketing

Marketing se basea nas necessidades, desejos e demandas de um grupo de clientes escolhidos – concentra-se em certos clientes em detrimento de outros.

Marketing pressupõe uma troca de valor entre duas partes.

Marketing fundamenta-se na satisfação do clientes em longo prazo.

O que é relaciomento para o Marketing?

“Modo de integrar o cliente à empresa, como forma de criar e manter uma relação entre organização e o cliente”. (McKenna, 1993)

É um comportamento da empresa com o propósito de estabelecer, manter e desenvolver relacionamentos competitivos e lucrativos com clientes, visando benefício de ambas as partes.

Leia Mais

6 maneiras para se recuperar de links ruins

By | Consultoria em SEO, Marketing Digital

É uma história que escutamos muitas vezes: alguém contrata um SEO ruim, esse SEO constrói um monte de links spam, ele/ ela desconta o seu cheque, e então bam – penalidade! Desfazer o estrago não é fácil. Se você está sinceramente arrependido, eu gostaria de oferecer seis maneiras para você se recuperar e esperancosamente voltar na lista dos bonzinhos do Google.

Este é um diagrama de uma situação hipotética que eu usarei neste artigo. Aqui está uma página que desequilibrou a balança e tem muitos links ruins (identificados pela letra B). Cada B e G (que são os bons links) poderiam representar centenas ou milhares de links, e a divisão 50/50 é apenas uma questao de visualização:

Leia Mais

Acordem, SEOs, o novo Google chegou

By | Consultoria em SEO, Marketing Digital

Devo admitir que ultimamente o Google é a causa das minhas dores de cabeça. Não, não é só porque eu decidi que eu não receberia informações úteis sobre meus sites. E nem porque ele está modificando praticamente todas as ferramentas com as quais me acostumei desde os meus primeiros dias de SEO (Google Analytics, Webmaster Tools, Gmail…). E, honestamente, não é porque ele lançou um Panda voraz.

A verdadeira pergunta que está causando minha dor de cabeça é: o que o Google realmente quer com todas essas mudanças? Vou começar citando a definição de SEO que o Google dá em seus guias:

Search engine optimization (otimização de mecanismos de buscas, em português) significa colocar o melhor do seu site à frente, quando se trata de visibilidade em mecanismos de busca, mas seus consumidores finais são seus usuários, não os mecanismos em si.

Técnicas de SEO ainda importam – e muito!

Se você quiser destacar o melhor do seu site e deixá-lo o mais visível possível nos mecanismos de busca, então você tem que ser um mestre em técnicas de SEO. Sabemos que se não prestarmos atenção na arquitetura de navegação do site, se não nos importarmos com a otimização da página, se fizermos besteira com a tag rel=”canonical”, com a paginação e a navegação facetada da nossa web, e se não prestarmos atenção à duplicação interna de conteúdo, entre outras coisas, não iremos muito longe com a busca.

Tudo isso é óbvio? Sim, é. Mas as pessoas no nosso círculo tendem a esquecer um dos principais pilares da nossa disciplina: tornar um site otimizado para ser visível nos mecanismos de busca.

A próxima vez que você ouvir alguém dizendo “conteúdo é rei”, ou “social é o novo link building”, pergunte a ele qual foi a última vez que ele fez login no Google Webmaster Tools. Vá consertar o seu site, deixe-o indexável e resolva todos os problemas que ele possa ter. Somente depois de fazer isso você pode começar a fazer todo o resto.

Leia Mais